Sem regulamentação, direito de greve é decidido na Justiça

14:41 | 26 de outubro de 2010

A ausência de normas para greves no serviço público provoca a intervenção do Judiciário nos conflitos. Projeto que regulamenta o direito não tem consenso entre deputados.
A recente greve dos servidores técnicos administrativos da Universidade de Brasília (UnB), que durou mais de seis meses e tornou-se a mais longa da história do País, evidencia a falta de regulamentação desse direito previsto na Constituição.
Leia Mais…
Fonte: Câmara On Line

Categorizados em: