Nota de Repúdio à detenção do coordenador Yghor Alves  

14:26 | 19 de junho de 2019

Na sexta-feira, dia 14/06, dia da Greve Geral em todo o país, durante o ato no Rio de Janeiro, o coordenador da FASUBRA Sindical Yghor Alves foi detido. Além dele, também um trabalhador da base da federação, Esteban Crescente, ambos técnico-administrativos da UFRJ.

Ao final do ato, sob forte truculência policial, os companheiros foram abordados e revistados. Em seguida, os policiais, sem justificativa, os agrediram com chutes e cassetetes e os encaminharam para a Delegacia para averiguação. No caminho até esta, deram voltas a esmo pelo centro do Rio de Janeiro com os dois detidos no carro.

Após averiguação da inocência de Yghor e Esteban, foram liberados depois da chegada da Comissão de Direitos Humanos da OAB.

A FASUBRA Sindical se solidariza com os companheiros e repudia veementemente tal ação truculenta do Polícia Militar do Rio de Janeiro para com militantes sociais que estavam exercendo seu legítimo direito a manifestação.

Categorizados em: