Ministra Cármen Lúcia vai julgar URP de funcionários

12:51 | 24 de maio de 2010

Depois de conversa com reitor da UnB, ministro Carlos Ayres Britto encaminhou processo que pede pagamento integral da parcela de 26,05%
A decisão de pagar 26,05% do salário de 3.289 funcionários técnico-administrativos da UnB está nas mãos da ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal. Ela vai julgar o pedido de liminar feito pelo Sindicato dos Trabalhadores da Fundação Universidade de Brasília (Sintfub).
Leia Mais…
Fonte: UnB On Line

Categorizados em: