FUNCIONALISMO – Em represália a veto presidencial, médicos do INSS cruzam os braços

15:11 | 23 de junho de 2010

Médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estão em greve por tempo indeterminado desde ontem em represália a um veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a trechos da lei que mexe com a jornada e a remuneração da categoria. Ao contrário do que queriam os servidores, o governo barrou a aprovação de uma nova tabela salarial — válida a partir de 2011 — para os profissionais que optaram por trabalhar 30 e não 40 horas semanais.
Leia Mais…
Fonte: Correio Braziliense

Categorizados em: