FASUBRA PARTICIPA DE SEMINÁRIO DO SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

19:37 | 11 de novembro de 2011

A FASUBRA participou do Seminário: SINAES – Avaliação e Perspectivas, realizado em Brasília,  dias 10 e 11. A convite da CONAES, a federação compôs a mesa do evento sendo representada pela coordenadora geral Léia de Souza Oliveira.

 

Na intervenção, a FASUBRA resgatou a história do processo de Avaliação da Educação Superior, ressaltando que o mesmo é novo no Brasil, estando ainda em fase de consolidação, já que até a década de 90 não existia avaliação nas Universidades. 

A FASUBRA alertou que, mesmo após sete anos de sua implantação, ainda existe um grande desafio a ser superado: a consolidação da cultura da avaliação no ambiente universitário.  “A avaliação não deve ocorrer apenas em momentos estanques, tem que se constituir num processo e movimento permanente, envolvendo a comunidade interna e os usuários da Universidade”, afirmou a coordenadora geral. 

A coordenadora ressaltou a importância da FASUBRA na constituição do SINAES, criticou a composição da CONAES, por limitar a participação da comunidade universitária a três membros representando os estudantes, técnico-administrativos e os docentes.  

Para ela, “o principal sujeito da avaliação universitária é a comunidade universitária, pois a Universidade não é uma “figura” abstrata. A avaliação pedagógica deve servir de ferramenta indutora na busca do desenvolvimento das ações da Universidade, com qualidade socialmente referenciada”, disse, acrescentando que “os indicadores nesse processo são constituídos pelos sujeitos do fazer universitário, que atuam diretamente ou indiretamente no ensino, na pesquisa e na extensão”.

A FASUBRA sugeriu ainda que o diagnóstico do SINAES poderia ser realizado através de uma consulta/pesquisa, implantada na base da comunidade universitária, envolvendo todos os segmentos e usuários, quanto ao significado e importância do SINAES e a necessidade do seu aprimoramento e fortalecimento.

Retornando ao tema do debate, a FASUBRA, disse considerar imprescindível assumir o desafio da consolidação da cultura avaliatória no ambiente universitário, reafirmando a importância da instituição de uma rede de agentes avaliadores, que atuarão no processo de auto-avaliação das Universidades. Também foi defendida a necessidade de aprimoramento do SINAES, com inclusão da questão dos  indicadores.

Encerrando a participação da FASUBRA na mesa, foi ainda destacado que o “desafio da cultura avaliatória tem ainda como premissa o fortalecimento da democracia nas Universidades, com o reconhecimento dos papéis de cada segmento que compõe a universidade e está ancorada na utilização do SINAES para consolidar a Universidade Democrática, e responder às necessidades estratégicas dessas Instituições, onde encontram-se inseridas”. 

sinaes16O Seminário – O Seminário do SINAES, é promovido pelo Ministério da Educação, tem caráter internacional, e reúne 300 participantes no Hotel Nobile Lakeside, na capital federal. O representante da FASUBRA na CONAES, Sandro Pimentel, coordenou o primeiro painel Avaliação Institucional – Desafios e Perspectivas, bem como participou do encerramento dos trabalhos na mesa que relatou os quatro painéis.

O representante da FASUBRA elogiou a CONAES pela coragem de realizar um evento de tamanha repercussão nacional e internacional, mas criticou o “atraso ainda existente no âmbito das instituições de ensino superior, especialmente as IFES que infelizmente, ainda aplicam uma política onde o técnico não pode ser reitor, a eleição para estatuinte e a representação nos conselhos universitários não são paritárias”, disse Sandro Pimentel.

___________________________________________ 

Revisão e texto: Carla Jurumenha – ASCOM FASUBRA

Categorizados em: