Após denúncias, ministra da Casa Civil, Erenice Guerra, deixa o governo

14:23 | 17 de setembro de 2010

Atuação de Erenice se estende a altos cargos na administração de Brasília
Funcionário fantasma, filho de Erenice Guerra é exonerado da Terracap
Líder do DEM diz que demissão de Erenice é tentativa “de abafar o assunto”
Empresa de mineração de marido de Erenice teve 14 multas arquivadas
Ao definir Serra como “aético” e “derrotado”, Erenice irrita PT Erenice Guerra não resistiu às pressões e deixou o cargo de ministra-chefe da Casa Civil no fim da manhã desta quinta-feira (16/9). A informação foi dada há pouco pelo porta-voz da Presidência da República, Marcelo Baumbach, depois que Erenice se reuniu com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Leia Mais…
Fonte: Correio Braziliense

Categorizados em: