AGU reduz alcance da liminar do Supremo e manda pagar URP com base em 2005

13:31 | 23 de setembro de 2010

Advocacia-Geral da União determina que percentual da URP seja aplicado sobre salário de 2005 e não sobre vencimentos atuais. Sindicato vai recorrer
Parecer assinado por advogado da AGU determina que a UnB calcule os 26,05% da URP sobre os salários de 2005, e não sobre os vencimentos atuais. O documento da AGU define também que apenas os sindicalizados podem receber a URP. A medida desrespeita liminar do Supremo, inviabiliza a incorporação da URP no próximo contracheque e provoca forte redução salarial.
Leia Mais…
Fonte: UnB On Line

Categorizados em: