28 de outubro –

13:22 | 29 de outubro de 2010

 Parabéns Trabalhador do Serviço Público pelo seu dia!

Nesta data cabe refletirmos sobre a importância e função do trabalhador do serviço público. O diagnóstico confirma que em todos os países do mundo o servidor público, tem um papel estratégico na condução de serviços públicos de qualidade para o cidadão (ã). São responsáveis pela garantia da movimentação dos complexos mecanismos das administrações desses países.

Os trabalhadores (as) do serviço público precisam ter consciência e conhecimento de sua identidade.

É considerado servidor público toda pessoa que exerce a função no âmbito do Município, do Estado ou da União, ingressando por meio de concursos, nomeações, contratos ou admissões em caráter de urgência.

A maior tarefa do servidor público é a de prestar serviços de utilidade e qualidade social à população.

Um resgate necessário:
O Dia do Servidor (Funcionário) Público é comemorado em 28 de outubro porque foi nessa data que o presidente Getúlio Vargas assinou, em 1952, a Lei 1.711, regulamentando as relações entre a União e a categoria de servidores.

O estado para ser forte e referenciado socialmente precisa ter serviços públicos de qualidade e servidores públicos, qualificados, valorizados, motivados para o desenvolvimento e consolidação da Nação brasileira e emancipação de seu povo.

Em 1990, com o novo Estatuto dos Servidores Públicos Civis da União, as autarquias e das funções públicas federais – Lei 8.112, de 11.12.1990, a denominação de funcionário foi substituída pela de servidor. Denominação questionada por nós, pois somos na realidade trabalhadores que servem ao público.
Os trabalhadores dos serviços públicos têm seus deveres e direitos definidos e estabelecidos na Constituição Federal e se enquadram nos estatutos das entidades públicas. Estes trabalhadores (as), encontram-se distribuídos em diversas categorias funcionais e níveis de qualificação, por meio dos quadros de lotação de pessoa civil e militares de todo países (município, estado e união).

Cabe ao trabalhador no seu fazer, prestar a nação a sua contribuição, de forma ética e comprometida com a transformação social e defesa dos direitos da cidadania, sempre visando alcançar os objetivos institucionais e da comunidade como um todo.

Neste fazer, não cabe a ambição pessoal como fonte de energia. A maior satisfação dum trabalhador e ver que através do seu trabalho, tem contribuído para melhor a vida a maioria da população que precisa de serviços públicos democráticos, acessível a todos e de qualidade.

Categorizados em: