QUILOMBAGEM NA FASUBRA – 27/11, às 15h – live com transmissão pelo Facebook

A Direção Nacional da FASUBRA Sindical, por meio da Coordenação de Raça e Etnia, realiza a RODA DE CONVERSA: “Para além do discurso da igualdade, mais que nunca é preciso haver mudanças para superar o racismo no Brasil”.

No mês da Consciência Negra, em que se deveria estar comemorando os avanços e reverenciando os/as mártires, guerreiros e guerreiras na luta contra a escravidão e opressão do povo negro, somos, mais uma vez, confrontados com um brutal caso que, novamente, evidência a violência contra um cidadão negro, que culminou com o assassinato de um homem de 40 anos nas dependências do supermercado Carrefour em Porto Alegre/RS.

Tais cenas são inaceitáveis em uma sociedade dita civilizada, que se pretende igualitária nos direitos da população. Fica cada vez mais óbvio a existência e resistência de um permanente conflito nas relações étnico-raciais presentes na sociedade brasileira.

Neste contexto em que se evidencia cada vez mais o racismo estrutural no Brasil, legitimado inclusive pelas maiores autoridades governamentais do país, a exemplo do presidente e do vice-presidente da República, é necessário unir nossas vozes em defesa dos corpos negros, vítimas preferenciais de uma sociedade racista e opressora.

Neste sentido, a Direção Nacional, por meio da Coordenação de Raça e Etnia da FASUBRA Sindical promoverá, na sexta-feira, dia 27/11/20, às 15 horas (horário de Brasília), uma live no formato “Roda de Conversa” para ampliar o debate, junto à categoria dos TAE das IES brasileiras, do tema racismo estrutural, bem como pensar estratégias de enfrentamento para este e outros problemas que atingem de forma letal a população negra no Brasil.

A Direção Nacional convida toda a militância da base da Federação para a Roda de Conversa, bem como todos os interessados e interessadas na discussão dessa temática, para este importante momento de luta coletiva. Mais que nunca é preciso superar o discurso e, na prática, buscarmos a superação dessa política de extermínio do povo negro.

#ForaBolsonaroeMourão
#VidasNegrasImportam
#ResistênciaNegra
#MêsdaConsciênciaNegra
#RacismoÉCrime
#Afrodescendente
#CelebroMinhaNegritude
#Quilombagem

Imagem: Divulgação