Novo “Dia Nacional de Mobilização” será nesta quarta-feira (11/11)

Nesta quarta-feira (11/11), trabalhadores e trabalhadoras do serviço público realizam novo “Dia Nacional de Mobilização” contra o governo Bolsonaro, contra as reformas – PEC 32/20 e PECs 186, 187 e 188 e contra as privatizações de estatais. A FASUBRA Sindical orienta que as entidades de base realizem um dia de paralisação, onde for possível.

Aos poucos, as manifestações se intensificam respeitando as recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde). No último dia 28 de outubro, dia do Servidor Público, trabalhadores e trabalhadoras de todo o país, entre eles as técnicas e os técnico-administrativos em educação, mostraram sua insatisfação e realizaram mobilizações virtuais e presenciais. Virtualmente foram realizadas lives, twitaços e outras formas de atos.

Confira em fotos como foram as manifestações das técnica-administrativas e dos técnico-administrativos em algumas capitais:

SINT-IFESgo

Em Goiânia/GO, foi realizada uma carreata que teve início às 9h no Terminal Padre Pelágio e percorreu a Avenida Anhanguera até chegar na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). O ato alertou a população sobre a importância do serviço público e sobre os retrocessos que a Reforma Administrativa trará, se for aprovada.

ASSUFBA

A ASSUFBA realizou ato na quinta-feira (29/10), no Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos (COM-HUPES), em defesa da democracia e contra a Reforma Administrativa. Na ocasião foi entregue material de conscientização sobre a PEC 32/20. Além de prejudicar os servidores e servidoras públicas, a proposta irá atingir a população, sobretudo a mais carente.

Sindtifes

O Sindtifes participou de manifestação em frente ao Mercado de São Brás, em Belém/PA­. A ação reuniu vários sindicatos e centrais sindicais e ajudou a fortalecer a unidade das entidades municipais, estaduais e federais para seguir na luta contra os ataques do governo Bolsonaro.

SINTUFF

No Rio de Janeiro/RJ, as técnicas e técnico-administrativos se juntaram aos servidores de outras entidades para demonstrar o descontentamento com a Reforma Administrativa, que ataca direitos, protege privilégios e destrói as carreiras e os serviços públicos.

SINTUFSC

Em Florianópolis/SC, a mobilização foi realizada em frente à Catedral, junto com as entidades que fazem parte do Fórum Catarinense dos Servidores Públicos.

SINTEST/RN

Em Natal/RN, a base da UFRN esteve presente no ato em frente ao INSS da rua Apodi. O SINTEST/RN marcou presença juntamente com outros sindicatos, centrais e partidos da oposição.

SINTESPB

A categoria técnico-administrativa da UFPB esteve representada pelo SINTESPB, no ato contra a reforma administrativa, realizado no Ponto de Cem Reis, em João Pessoa. A manifestação política-cultural buscou denunciar à população os malefícios da Reforma Administrativa para a sociedade, por meio da distribuição de uma carta aberta com os principais pontos que afetam o funcionalismo público e consequentemente os serviços prestados.

ASSUFRGS

Em Porto Alegre/RS, o ato foi organizado pela Frente de Servidores Públicos (FSP/RS), em frente ao prédio da Prefeitura. Além da Reforma, os trabalhadores alertaram para a PEC Emergencial, que possibilita o corte de 25% no salário dos servidores. A ASSUFRGS participou da construção do dia de luta e esteve presente no ato. O dia iniciou com uma coletiva de imprensa dos servidores públicos das três esferas, que ocorreu no Semapi/RS.

SINTUFS

A mobilização ocorreu na porta do Hospital Universitário de Aracaju/SE contra os ataques aos direitos de trabalhadores e trabalhadoras da educação e suas consequências aos brasileiros.

As informações são das Assessorias de Comunicação das entidades de base.

Fotos das Assessorias de Comunicação.

Imagem em destaque: Assessoria do SINTUFF. 

#NãoàReformaAdministrativa
#NãoàPECEmergencial
#NãoàsPrivatizações
#ForaBolsonaroeMourão