Novo ato contra a reforma da Previdência e em defesa da Educação será realizado em 12 de julho

As centrais sindicais reuniram-se para traçar a continuidade das mobilizações e atuações junto aos parlamentares para barrar a reforma da Previdência. Ficou definido que, em 12 de julho (sexta-feira), será realizado mais um Dia Nacional de Mobilização, com atos, assembleias e manifestações em todas as cidades e em todos os locais de trabalhos. Neste mesmo dia será reforçado o ato marcado pela UNE (União Nacional dos Estudantes) durante o congresso da entidade, que este ano será realizado em Brasília, de 10 a 14 de julho.

Em nota, divulgada na última terça-feira (25), as centrais conclamam as bases sindicais e os trabalhadores a intensificar e a empregar o máximo de esforço para atuar junto às bases dos deputados e senadores, nos aeroportos, com material de propaganda, e marcar presença também nas mídias sociais, exercendo pressão contrária à reforma em debate no Congresso Nacional.

Como ainda não foi definida a data de votação da reforma – PEC 06/19 e as centrais não apontaram a data da caravana a Brasília, a FASUBRA Sindical mantém o estado de mobilização permanente e orienta as entidades a intensificar as ações nos aeroportos e a pressão nas bases dos deputados, além de participarem dos fóruns e frentes nos estados.

Confira nota na íntegra.