Nota de pesar: FNDC lamenta morte de Paulo Henrique Amorim

Um dos jornalistas mais importantes do país, PHA foi também um ativista pela democratização das comunicações. Nosso movimento perde um parceiro de luta!

O Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) lamenta a morte do jornalista Paulo Henrique Amorim.  Aos 77 anos, PHA morreu nesta quarta-feira, 10 de julho, vítima de um infarto.

Um dos jornalistas mais importantes do país, Paulo Henrique começou sua carreira em 1961 e passou pelos veículos de comunicação mais importantes do Brasil.

Autor do Blog Conversa Afiada, o ansioso blogueiro — como ele mesmo se definia — se somou à luta por uma comunicação mais plural e democrática. Esteve ao lado do movimento de luta pela democratização da comunicação desde a pressão para a realização da Conferência Nacional de Comunicação, na qual esteve presente como delegado.

Paulo Henrique denunciava o monopólio privado da mídia. Cunhou o termo Partido da Imprensa Golpista. Sofreu inúmeros processos que tinham o objetivo de cercear a sua liberdade de expressão.

O blogueiro apoiou o Projeto de Lei de Iniciativa Popular da Mídia Democrática e a campanha Calar Jamais.

Paulo Henrique foi um dos blogueiros mais atuantes na denúncia do golpe de 2016 e do autoritarismo que cresce no país.

Com sua partida, o jornalismo perde um de seus principais representantes. E a luta pela democratização da comunicação um ativista e parceiro.

Brasília, 10 de julho de 2019.

Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC).

Foto: Divulgação