Encontro Nacional de Mulheres da FASUBRA Sindical começou nesta segunda (12)

O “Encontro Nacional de Mulheres da FASUBRA Sindical” iniciou nesta segunda-feira (12), no Anfiteatro 9 da UnB (Universidade de Brasília). O evento vai até quarta-feira (14) e conta com mais de 200 mulheres da base da federação de todo o país.

A mesa de abertura foi composta pelas coordenadoras da pasta, Mariana Lopes e Rosângela Soares Costa e, representando a coordenação-geral da FASUBRA, as coordenadoras Vânia Helena Gonçalves e Maria Tereza Fuji. As coordenadoras destacaram a importância do papel das mulheres na atual conjuntura.

A deputada federal Sâmia Bonfim (PSOL/SP) participou de um chat sobre a reforma da Previdência (PEC 6/19), tirou dúvidas das presentes sobre os próximos passos da proposta no Senado Federal e falou sobre os impactos da medida na vida das mulheres.

Encontro homenageia Laudelina de Campos Melo

A homenageada do Encontro Nacional de Mulheres da FASUBRA Sindical é Laudelina de Campos Melo (1904 – 1991). Conhecida como “Dona Nina”, Laudelina foi uma grande defensora dos direitos das mulheres no Brasil.

Nasceu em Poços de Caldas/MG em 12 de outubro de 1904 e morreu aos 86 anos em Campinas/SP, em 12 de maio de 1991. Aos sete anos começou a trabalhar como empregada doméstica, abandonou a escola para cuidar dos cinco irmãos mais novos, enquanto a mãe trabalhava. Foi a fundadora do primeiro sindicato de trabalhadoras domésticas do Brasil, em 1988.

Como líder sindical, sua trajetória foi marcada pela luta contra o preconceito racial, a subvalorização das mulheres e a exploração da classe trabalhadora. Combateu a discriminação da sociedade em relação às empregadas domésticas, exigindo melhor remuneração e igualdade de direitos sociais. A atuação de Laudelina foi fundamental, na década de 1970, para a categoria conquistar o direito à Carteira de Trabalho e à Previdência Social.

Future-se

No período da tarde o tema será o projeto Future-se, que dá continuidade à política do governo de desmonte da Educação e a privatização das Universidades e Institutos Federais, com a participação da deputada federal Margarida Salomão (PT/MG).

Nos dias 13 e 14 de agosto as mulheres da base da FASUBRA vão incorporar às atividades da 6ª edição da Marcha das Margaridas e da Greve Nacional da Educação.