Ato na Câmara: Entidades pressionam contra votação da reforma da Previdência

Entidades sindicais de trabalhadores (as) do setor público e privado, entre elas a FASUBRA, e estudantes realizaram ato contra a proposta de reforma da Previdência, na tarde desta quarta-feira (10), em frente ao anexo II da Câmara dos Deputados. Vários parlamentares da oposição participaram do protesto e fizeram uso do microfone para denunciar o rolo compressor do governo e os acordos feitos para aprovação da proposta.

O ato começou às 14h e foi até o final da tarde. Apesar de tranquilo, a Polícia Legislativa chegou a lançar bomba de gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes e fechou a entrada do anexo II. A segurança foi reforçada e a tropa de choque da Polícia Militar foi chamada para acompanhar o protesto.

A discussão da PEC 6/19 no Plenário começou na terça-feira (9) e foi retomada hoje pela manhã. Os deputados (as) federais decidiram derrubar todos os destaques individuais e a proposta pode ser votada ainda nesta quarta-feira (10). Acompanhe a votação ao vivo.

Conforme a ONG Contas Abertas, apenas em julho, o governo liberou R$ 2,55 bi em emendas parlamentares para agilizar a votação da reforma. O PSOL entrou com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para barrar a votação da reforma. O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) afirmou em plenário que a reforma da Previdência deve ser imediatamente suspensa por fraude à Constituição e ao processo legislativo. Segundo o parlamentar, o governo federal tomou medidas ilícitas.

Durante o ato, a FASUBRA Sindical fez uma performance com guarda-chuvas e mandou um recado: A EDUCAÇÃO RESISTE!

As entidades permanecem mobilizadas e vão lutar até o fim contra os ataques aos trabalhadores. Na próxima sexta-feira (12), será realizada uma nova manifestação na Esplanada dos Ministérios, juntamente com estudantes que participam do congresso da UNE em Brasília.

Nesta quinta-feira (11), a FASUBRA Sindical é uma das entidades convidadas da audiência pública conjunta da Comissão de Ciência e Tecnologia, e da Comissão de Comunicação e Informática, com o tema “As relações institucionais entre os diversos setores da comunidade universitária e o Governo Federal”. A audiência será realizada no Plenário 11, a partir das 10h. Acompanhe pela TV Câmara.