Fasubra Sindical

Switch to desktop Register Login

Relação dos candidatos a gerente da FASUBRA

Vaga aberta - web

 

A FASUBRA Sindical agradece todos (as) os (as) trabalhadores (as) que enviaram seus currículos para análise e seleção para ocupar o  cargo de administrador (a) / Gerente.

Relação dos trabalhadores (as) selecionados(as) para entrevista de acordo com Edital publicado em 31/07/2017 no jornal Correio Brasilense:

 

Dia 21/08/2018

 

13 horas: Dulcimar Cunha de Sousa Aidar

14 horas: Valdimar Fernandes da Cunha

15 horas: Wellyngton Francisco dos Santos

16 horas: Rosângela Maria Costa Holanda de Carvalho

17 horas: Dayan Santos Ferreira

18 horas: Demontier Camelo da Silva

 

Dia 22/08/2017

 

09 horas: Alice Santos Basso

10 horas: Flavia Santos Lopes

11 horas: Francinaldo Teotônio de Sousa

14 horas: Andréa Magna Teixeira Silva

15 horas: Elzimar Ferreira dos Santos

16 horas: Loiane dos Santos Gonçalves

17 horas: Manuel Willian Silva Rodrigues

 

 

Endereço da sede da FASUBRA, no  SCS - Quadra 6, Bloco A, Lote 157 - 2º andar - Salas 205/206/207/208 – Edifício Bandeirantes, nº 240. 

 

 

Qualquer dúvida:

E-mail:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Telefone: 33499151

FASUBRA participa de Audiência Pública chamado pela Frente Parlamentar pela Valorização das Universidades Federais

 

Hoje, pela manhã, no Plenarinho 14 da Câmara dos Deputados Federais, no Congresso Nacional, em Brasília, aconteceu uma Audiência Pública chamada pela Frente Parlamentar pela Valorização das Universidades Federais.

Organizamos nossa intervenção no papel miserável da mídia brasileira, na desinformação, privilegiando o desmonte do serviço Público e, em especial, da Universidade. Colocamos que a cada Universidade que se manifesta divulgando a sua situação econômica na perspectiva de fechar as portas, a mídia vai para as portas das universidades desvirtuar a opinião pública sem se aprofundar nos verdadeiros motivos que levou aquela universidade às necessidades financeiras, culpabilizando-a. Lembramos também que os trabalhadores em Educação se encontram em uma situação de falta de pessoal, com o congelamento de concursos públicos, na lógica da PEC do Fim do Mundo, e da ampliação da terceirização.

Impossível falar de Educação e não citar os Hospitais Universitários que sofrem represália por não aderirem aos encantos da terceirização e privatização dos serviços hospitalares, com as EBSERH, e com o massacre a educação pública, como querem os grandes conglomerados financeiros da Educação e Saúde privadas. O que justificará, no futuro, a entrega do patrimônio das universidades. Este desmonte está se constituindo com a anuência de 70% do Congresso Nacional e Senadores.

Não bastasse tudo isso, o Governo Temer anunciou a retirada das garantias trabalhistas do Executivo, poupando o Legislativo e Judiciário, alegando não ter autonomia dos demais poderes. As mudanças alcançarão os benefícios, como o auxílio-alimentação e saúde, além da Licença sem Vencimento. Também elaborou um PDV, promovendo a instabilidade no serviço público. Isso dentre outros ataques ao trabalhador, que já possui, a muito tempo, o menor salário e benefícios do Serviço Público. Tudo isto vem atrelado aos desmontes da educação pública e, se os parlamentares não se manifestarem, estaremos fadados ao fracasso na defesa do Serviço Público.

 

Direção Nacional FASUBRA Sindical

ALTERAÇÃO DA DATA PARA ENTREGA DE TESES PARA O XXIII CONFASUBRA

 

Informamos que a data para entrega de teses para o congresso da federação foi alterada. Agora a data limite para a entrega de Teses será dia 16/08 às 18 horas. 

A data anterior era o dia 13/08, no domingo dia dos pais. Para compensar o final de semana no qual será envolvido com atividades familiares, por unanimidade foi definido a dilatação do prazo garantindo democraticamente que as teses possam ser protocoladas sem maiores transtornos. 

Saudações sindicais e de luta!

 

DN-FASUBRA

SOLIDARIEDADE AOS DEMITIDOS DA UNIRIO

 

 

Unirio - Sindicalistas web

A FASUBRA sindical está disponiilizando uma conta bancaria para que outras entidades e apoiadores dessa campanha possa contribuir. Os companheiros da Unirio precisam desse aporte financeiro para que possamos seguir firmes na campanha de reintegração.
 
Numero da Conta:

Contribuições

Caixa Econômica Federal

Agência - 0004

Operação 013

Conta Poupança - 18709-0

CNPJ: 08.485.179/0001-26

Essa luta conta com o esforço de todos nós!
 
 
Saudações sindicais
 
DN FASUBRA

11 DE AGOSTO É DIA DO ESTUDANTE!

Dia dos estudantes

 

É DIA DE LUTA NAS UNIVERSIDADES E INSTITUTOS FEDERAIS!

 

 A Fasubra sindical em conjunto com o ANDES-SN e SINASEFE está convocando atos públicos no dia do estudante com o objetivo de denunciar para toda sociedade a grave crise que passa as universidades e institutos federais por conta do bloqueio de verbas. Segundo a Andifes caso essa situação não se reverta várias instituições vão fechar suas portas em Setembro.

 

Cumprindo deliberação de nossa última plenária estamos orientando a construção de assembleias comunitárias com Técnicos, docentes e estudantes. Convidando inclusive as reitorias para que se posicionem diante dessa situação fortalecendo o diálogo com a opinião pública sobre a gravidade da crise que tem como responsável a política de ajuste fiscal do governo Temer.  

 

Orientamos também que seja convocada toda a imprensa local para expormos a situação precária das IFES para a população e alertar pelo perigo de que muitas instituições de ensino poderão fechar suas portas prejudicando toda a sociedade com a paralisação das atividades de ensino, pesquisa e extensão.

 

Queremos aproveitar a oportunidade para denunciar também o desmonte do serviço público e as consequências das reformas que atacam direitos históricos dos trabalhadores.

 

Todos os sindicatos da base da FASUBRA devem imediatamente se articular com os sindicatos de docentes e com o movimento estudantil para construirmos atos que alcancem a população e aumente a indignação contra o governo ilegítimo de Temer.

 

Mãos a obra!