Fasubra Sindical

Switch to desktop Register Login

CNG realiza manifestação na embaixada de Honduras e denuncia o golpe, via fraude eleitoral

 

As eleições presidenciais de Honduras, de acordo com a Organização dos Estados Americanos (OEA), apresenta falhas no processo eleitoral.

 

Nesta manhã, 07, os delegados do Comando Nacional de Greve (CNG) e representantes da direção da FASUBRA Sindical, realizaram uma manifestação na Embaixada de Honduras, em Brasília-DF.

 

Na ocasião, tentaram entregar uma nota em apoio às manifestações de rua no país, aprovada na última reunião do CNG (05). Porém, os representantes da embaixada se recusaram a receber o documento. Para a Federação, tal atitude mostra que seguem os preceitos autoritários do criminoso governo hondurenho. A Federação se posiciona contrária a tentativa de golpe, via fraude eleitoral.

 

As eleições presidenciais de Honduras, de acordo com a Organização dos Estados Americanos (OEA), apresenta falhas no processo eleitoral. Segundo o relatório, algumas maletas que acompanham as urnas estavam abertas e faltavam atas, o que não dá "certeza" sobre os resultados. (Rede Brasil Atual)

 

As autoridades eleitorais hondurenhas concordaram nesta terça-feira (5) em rever milhares de atas questionadas pela oposição nas eleições de novembro, que reelegeram o presidente Juan Manuel Hernández, mas os opositores exigem agora uma revisão completa. (Jornal de Santa Catarina)

  

A nota em apoio ao povo hondurenho também será enviada para a Confederação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras das Universidades das Américas (CONTUA), a qual a FASUBRA é filiada, e demais entidades nacionais e internacionais.

 

O objetivo é prestar solidariedade de classe ao povo hondurenho e denunciar o que ocorre naquele país, e o não recebimento do documento pela Embaixada no Brasil. Após essa atividade, os delegados seguiram para outras atividades da greve.

 

Com informações: Rede Brasil Atual e Jornal de Santa Catarina

 

Assessoria de Comunicação FASUBRA Sindical