Fasubra Sindical

Switch to desktop Register Login

Sopão dos Trabalhadores no banquete dos parlamentares contra a reforma da Previdência

 

Os trabalhadores técnico-administrativos enviaram um recado aos convidados do jantar. “Privilegiados não somos nós que servimos o povo, privilegiados  são esses deputados que participam de um jantar regado a caviar e champagne”.

 

Na noite de domingo, 04, o Comando Nacional de Greve (CNG) da FASUBRA Sindical realizou um protesto contra a aprovação da reforma da Previdência em frente à casa de Rodrigo Maia (DEM/RJ), presidente da Câmara dos Deputados. Na ocasião, Maia serviu um jantar a diversos parlamentares e equipe econômico do governo para apresentar o novo texto da reforma da Previdência. O presidente ilegítimo Michel Temer presente no regabofe, recebeu líderes dos partidos do PSD, do DEM, do PMDB, do PR e do Solidariedade.

 

No jantar, o governo afirmou que espera o apoio de 320 parlamentares para aprovar o texto até o dia 11 de dezembro, de acordo com matéria veiculada no Correio Braziliense.

 

 

 

 

Para a FASUBRA, o objetivo do banquete dos parlamentares é planejar como vão entregar o direito dos trabalhadores pelo interesse dos banqueiros. Os técnico-administrativos enviaram um recado aos convidados do jantar. “Privilegiados não somos nós que servimos o povo, privilegiados  são esses deputados que participam de um jantar regado a caviar e champagne. Se votar a favor da reforma da Previdência, nós vamos denunciar o nome de cada um que votou contra os trabalhadores”.

 

O CNG fez um chamado a todos os trabalhadores brasileiros pela mobilização e pressão aos parlamentares de cada estado, para votar contra a reforma.  

 


 

Os servidores técnico-administrativos em educação em greve há 24 dias, indignados, protestaram servindo o “Sopão dos Trabalhadores no banquete dos privilegiados”. Com palavras de ordem, faixas e cartazes, “não tem arrego, você tira a previdência e eu tiro o seu sossego”, “oh deputado, se tu votar, vamos acabar com o caviar”, o CNG agitou o jantar de Maia. A manifestação dos trabalhadores alcançou boa repercussão na grande mídia.

 


 

Assessoria de Comunicação FASUBRA Sindical