Fasubra Sindical

Switch to desktop Register Login

FASUBRA e SINTEST/RN defendem ações conjuntas por orçamento nas IFES e abertura de negociação com o MEC no conselho de reitores

 

A Federação propõe à direção da Andifes, que será eleita no Conselho Pleno, uma reunião urgente para tratar dessas iniciativas junto à sociedade e ao parlamento.

 

A FASUBRA Sindical participou da reunião do Conselho Pleno da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior no Brasil (Andifes), nesta quinta-feira, 27, em Natal-RN. Representaram a Federação os coordenadores Rogério Marzola, André Gonçalves e Roberto Machado. Também acompanharam o evento Aparecida Dantas, Felipe Tavares e Pedro Neto, representantes do Sindicato Estadual dos Trabalhadores em Educação do Ensino Superior (SINTEST/RN) e trabalhadores da base da entidade.

 

  

Na ocasião, a FASUBRA fez uma intervenção em defesa das instituições públicas de ensino superior e por abertura de negociação por parte do governo, da pauta de reivindicações dos trabalhadores técnico-administrativos em educação.

 

Crise nas IFES

A situação crítica das instituições federais de ensino superior (IFES), devido à redução do custeio e financiamento compromete o funcionamento das instituições até o final do ano, marcou a posição da Federação. “Ações articuladas e convergentes são necessárias para a construção de uma ampla frente em defesa das IFES, e de seu caráter público, gratuito, de qualidade e socialmente referenciado”.

 

Para a representação da FASUBRA, "estão em marcha uma série de políticas de Estado, direcionadas para o fim de repasses orçamentários do Tesouro, como denota o caráter supressivo do orçamento, dos recursos que sejam provenientes de captação própria das IFES. Além da redução orçamentária brutal que se tornará referência por meio da EC 95/16, acarretando demissões de terceirizados”.

 

PDV e redução de jornada e salários

A Medida Provisória 792/17, que trata do Programa de Demissão Voluntária (PDV) com a redução de jornada e salário, colocada como política permanente acentua a crise, regulamentado ano a ano os quantitativos de demissões almejados pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).

 

A Federação propõe à direção da Andifes, que será eleita no Conselho Pleno, uma reunião urgente para tratar dessas iniciativas junto à sociedade e ao parlamento.

 

Paralisação dia 02 e articulações entre Fasubra e Reitorias

A FASUBRA oficializou a Paralisação Nacional da Categoria no próximo dia 02 de agosto, combinando o eixo de defesa orçamentária com a necessidade de estabelecer o processo negocial entre Fasubra e Ministério da Educação (MEC).

Segundo os coordenadores, as manifestações ocorrerão por todo o país. “É fundamental o apoio institucional e a manifestação dos reitores diante das reivindicações apresentadas pelos técnico-administrativos em educação, exigindo o estabelecimento de agenda negocial com o MEC”, afirmou a representação da FASUBRA.

 

Exoneração de sindicalistas

Na ocasião, a FASUBRA destacou que não são aceitáveis conflitos em que gestores promovam a exoneração de sindicalistas. “É necessário que a Andifes e reitores das Instituições busquem reestabelecer relações de trabalho saudáveis e a readmissão dos servidores”.

 

 


 

Extinção da Unila

Na reunião, a Federação manifestou profunda indignação e disposição de impulsionar a resistência contra o processo intervencionista em curso na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila). Por meio de MP, a instituição pode ter seu caráter de universidade de integração regional e autonomia completamente destruídos.

 

 

“Após as afirmações, houve uma calorosa manifestação de apoio dos reitores e reitoras presentes, demonstrando o quanto essa atitude arbitrária revoltou a comunidade acadêmica a nível nacional”, afirmou a representação da FASUBRA.

 

A FASUBRA aguarda a definição da nova diretoria da Andifes, que será eleita neste fim de semana, para definir uma agenda de reuniões. A Federação entregou um ofício a Andifes, que aborda os temas apresentados pelos coordenadores e estabelece uma proposta de discussões com os gestores das IFES.

 

Assessoria de Comunicação FASUBRA Sindical

Direção Nacional FASUBRA Sindical