Fasubra Sindical

Switch to desktop Register Login

Dieese ministra curso de negociação coletiva na saúde para os membros da MNNP-SUS

 

Segundo  supervisor do Núcleo de Políticas Públicas do Dieese, a Reforma Trabalhista que tramita no senado enfraquece muito o poder de negociação dos sindicatos.

 

Nos dias 8, 9 e 10 de maio a FASUBRA Sindical, membro permanente na Mesa Nacional de Negociação Permanente do Sistema único de Saúde (MNNP-SUS), participou do curso de negociação coletiva na saúde. Ministrado pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), em parceria com o Ministério da Saúde, o evento reuniu gestores e representantes sindicais no Hotel San Paul em Brasília - DF. Representou a Federação o técnico-administrativo em educação, João Paulo Ribeiro (JP).

 

De acordo com Nelson Karam, supervisor do Núcleo de Políticas Públicas do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o curso faz parte de um programa desenvolvido desde 2012. A intenção é formar e fortalecer as mesas de negociação  permanentes  do SUS nos estados e municípios. Como estratégias de ampliação desses espaços de diálogo de pactuação no âmbito do SUS, o curso é um instrumento que potencializa a constituição dos espaços de negociação.

 

 

A intenção é sensibilizar e trazer a importância da negociação coletiva como uma ferramenta de gestão de trabalho, segundo o Dieese, em um sistema de saúde complexo e um dos melhores quanto proposta no mundo. “Estamos fazendo um trabalho de apoio a uma parte desta gestão que é trazer a dimensão do trabalho como elemento importante para garantir um serviço de qualidade no SUS’, disse Karam. Esse é o 22º curso, contando com os cursos realizados nos estados. Serão ministrados quatro cursos até julho.

 

Reformas

As representações da MNNP-SUS são bipartite, metade gestores, metade entidade sindicais. Segundo  supervisor do Núcleo de Políticas Públicas do Dieese, a Reforma Trabalhista que tramita no senado enfraquece muito o poder de negociação dos sindicatos. “O PLC 38/17 deixa de valorizar essa representação, então esse é um dos aspectos que certamente impactarão os trabalhos da mesa nacional”.

 

Contribuição social

Para a FASUBRA o curso é uma oportunidade de mostrar a experiência dos trabalhadores técnico-administrativos em educação e capacitar trabalhadores e gestores. “É mais uma etapa do trabalho que a FASUBRA vem desenvolvendo dentro dos hospitais universitários e na saúde como contribuição social”, afirmou JP.

 


 

Capacitamos para que os hospitais possam reproduzir essas negociações coletivas, e para que os gestores tenham pessoas aptas a fazer a negociação no âmbito do SUS, destacou Ribeiro.  

 

O curso também aborda temas como legislação, políticas públicas e participação social, princípios e diretrizes e processos decisórios do SUS. Os participantes simulam a negociação coletiva para criar condições que aprofundem a discussão da importância da preparação da comissão negociadora para a mesa.  São destacados o comportamento, atitude, coordenação da comissão, iniciativa, espaço do acordo e a relação desses elementos com as estratégias de condução da campanha.

 


 

MNNP-SUS

A MNNP-SUS é um fórum paritário e permanente de negociação que reúne entidades sindicais nacionais representativas dos trabalhadores da saúde, gestores públicos, e prestadores de serviços privados da saúde que discute a democratização das relações de trabalho no SUS.

 

Assessoria de Comunicação FASUBRA Sindical