Fasubra Sindical

Switch to desktop Register Login

Orientação referente à ameaça de corte de ponto dos trabalhadores que aderiram à Greve Geral

 

Neste momento é importante não recuar, mesmo diante das ameaças do governo.

 

A FASUBRA Sindical  saúda a força dos trabalhadores técnico-administrativos em educação de todo país que atenderam o chamado da Federação e participaram ativamente da Greve Geral, no dia 28 de abril,  contra as Reformas Trabalhista e Previdenciária e a Terceirização propostas pelo governo de Michel Temer.

 

Mais uma vez a Categoria dos técnico-administrativos em educação mostra a sua capacidade de organização e luta, indo às ruas para denunciar os ataques deste governo aos direitos dos trabalhadores.

 

Como era esperado, o governo ilegítimo por meio do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), emitiu documento aos dirigentes de Gestão de Pessoas dos Órgãos e Entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional, integrantes do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal, para que efetuem o corte de ponto dos trabalhadores que manifestaram seu direito constitucional de greve.

 

Neste momento é importante não recuar, mesmo diante das ameaças do governo. A FASUBRA fará ações junto ao ministério, pressionando para que reveja tal posição e orienta aos sindicatos de base que pressionem as reitorias para não acatar a decisão autoritária e antidemocrática do governo golpista de Temer.

 

Nenhum passo atrás contra a retirada de direitos!

 

Direção Nacional FASUBRA Sindical