Fasubra Sindical

Switch to desktop Register Login

Técnicos administrativos e estudantes barram cobrança de mensalidades no Centro Paula Souza

 

 

Categoria dos trabalhadores técnico-administrativos está atenta na luta contra propostas de privatização da educação pública em todas as esferas.

 

A mobilização desencadeada pelo Diretório Central de Estudantes (DCE) das Faculdades de Tecnologia de São Paulo (FATEC), com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores do Centro Paula Souza (Sinteps), barrou a proposta de cobrança de mensalidades no Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza de São Paulo (Ceeteps).

 

A superintendente do Centro, professora Laura Laganá informou no dia 28 de março,  que a consulta sobre mensalidades no Ceeteps, foi retirada da pauta. O assunto seria discutido na reunião do dia 29 de março, no Centro Estadual de Educação (CEE/SP).

 

Segundo a superintendente, a “consulta” não se relaciona a cobrança de mensalidades nos cursos regulares das ETECs e FATECs, mas sim nos cursos de especialização das FATECs.

 

Entenda o caso

O governo do estado de São Paulo decidiu aproveitar a onda reacionária e retrógrada que inunda o país neste momento para tentar impor um velho projeto tucano: privatizar o Centro Paula Souza. Isso mesmo! Na surdina, foi enviada ao Conselho Estadual de Educação (CEE/SP) uma “Consulta sobre cobrança de mensalidades no Ceeteps”.

 

Clique aqui para conferir a notícia no site do CEE.

 

Após a reação conjunta de estudantes e trabalhadores técnico-administrativos, a proposta foi retirada da pauta de discussões.

 

PEC 395/14

Para a FASUBRA, a proposta se relaciona diretamente com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 395 de 2014, que autoriza a cobrança de cursos de pós-graduação e extensão nos institutos federais e universidades, rejeitada pela Câmara dos Deputados na última quarta-feira, 29 de março.

 

Categoria dos trabalhadores técnico-administrativos está atenta na luta contra propostas de privatização da educação pública em todas as esferas (municipal, estadual, distrital e federal).

 

Pelo direito de manifestação

O presidente do Diretório Central de Estudantes (DCE) das FATECs, Henrique Domingues, foi preso na noite de quarta-feira, 29 de março, nas dependências da FATEC Ipiranga. Ele e outros membros do DCE estavam na unidade para falar sobre o congresso da entidade e discutir com os estudantes a iniciativa do governo do estado de enviar ao Conselho Estadual de Educação (CEE/SP) uma “consulta” sobre a possibilidade de cobrança de mensalidades nos cursos de pós-graduação.

 

Assista as imagens da prisão do estudante aqui!

 

 

Confira a nota de repúdio de docentes e trabalhadores técnico-administrativos referente a repressão da polícia militar contra estudantes aqui!

 

 

Foto: Nelson Kon

Com informações: Assessoria de Comunicação Sinteps


Assessoria de Comunicação FASUBRA Sindical